Total de
vagas
4
Vagas
disponíveis
4

Deseja participar?

Participar

Castração de cães e gatos

OBJETIVO: O objetivo é que o voluntário participe das atividades do programa de castração de cães e gatos, especificamente no projeto voltado para os protetores individuais e ONGs. RESUMO: A sanidade e o controle populacional de animais domésticos são temas de extrema importância, considerando que tais fatores interferem diretamente no meio em que vivemos e na saúde pública. O impacto da invasão de espécies domésticas/invasoras é considerado a terceira maior ameaça às espécies nativas, depois da super exploração e da destruição do hábitat. Algumas estimativas afirmam que o Brasil tinha cerca de 30 milhões de cães domésticos em 2012, o terceiro no ranking mundial. Uma das estratégias de controle e preservação é a esterilização dos animais domésticos, impedindo o crescimento exponencial das populações e esgotamento da fauna local. Além disso, a superpopulação de cães e gatos domésticos gera problemas para os seres humanos, onde ninhadas indesejadas frequentemente abandonadas acabam em situação não domiciliada ou semi-domiciliada, com acesso as ruas, estando sujeitos a maus tratos, envolvendo-se em acidentes de transito, mordeduras e participando da cadeia de transmissão de zoonoses. Dentro desse escopo, o Brasília Ambiental atua em duas frentes de esterilização: as operações de castração em clínica veterinária credenciada e o Castramóvel, que é uma unidade móvel do Hospital Veterinário Público (HVEP). O acesso às vagas de castração, atualmente, se dá de quatro maneiras distintas: campanhas de cadastro para castração; programa de castração para ONGs e protetores individuais; parceria com Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde para castração de animais adotados e demandas de instituições públicas que desejem parceria para castração. O programa para protetores e ONGs ocorre de forma contínua e poderão apresentar proposta de parceria com o Brasília Ambiental pessoas físicas ou jurídicas que desejam indicar mais de dez animais (cães ou gatos) para a castração dentro do programa. O mesmo vale para funcionários de instituições públicas devidamente autorizadas pelo dirigente do órgão. É preciso preencher um termo de referência no qual conste, entre outras informações, o tamanho do plantel (espécie e sexo) e os responsáveis pelo acompanhamento nas operações e no pós-operatório. O Instituto não fornece transporte para o local da castração. Os animais indicados para castração devem ter idade mínima de três meses ou ter peso igual a dois quilos, devem estar em bom estado de saúde, não estar prenha, não estar no cio e não estar em lactação. Após a submissão da proposta, o órgão vai realizar uma vistoria no local indicado, para atestar a quantidade indicada e a situação dos animais. PERFIL DO VOLUNTÁRIO: Estudantes de medicina veterinária ou formados em medicina veterinária. Disponibilidade para realizar atividades de campo cientes das intempéries do ambiente. Além disso é interessante que seja proativo(a), responsável, organizado(a) e solícito(a). ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS PELO VOLUNTÁRIO: O(A) voluntário(a) poderá colaborar nas atividades de visitas dos tutores que apresentem propostas de castração. O intuito é que os conhecimentos médicos veterinários possam ser aplicados na prática para auxiliar o veterinário do Brasília Ambiental no atendimento primário dos animais durante a vistoria. O intuito das visitas é identificar se os animais vistoriados: estão castrados; possuem algum tipo de zoonose aparente que inviabilize as castrações; e apresentam sinais de maus tratos que indiquem que a fiscalização ambiental deve ser acionada. Além disso, espera-se que o atendimento seja acompanhado de um trabalho de educação ambiental com o tutor, que nem sempre possui as informações adequadas para uma guarda responsável. Os voluntários também vão auxiliar na elaboração de relatórios de vistorias e atividades administrativas ligadas ao processo de autorização das vagas (como manuseio do SEI) Devido a pandemia de Covid-19 o(a) voluntário(a) deve seguir todas as normas sanitárias recomendadas para a diminuição das chances de transmissão do vírus como o distanciamento social, uso de máscaras eficientes, utilização de álcool gel sempre que possível. LOCAIS DE ATUAÇÃO DO VOLUNTÁRIO: SEPN 511, BLOCO C, ED. BITTAR IV (Sede do Brasília Ambiental) e Estação Ecológica Águas Emendadas ****APÓS O CADASTRO NO PORTAL, ENVIAR CURRÍCULO PARA gedes@ibram.df.gov.br, informando o nome do Projeto para o qual está se candidatando, por favor!!****

Informações adicionais
Organização Proponente Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal Brasília Ambiental – IBRAM
Unidade UFAU/IBRAM - Unidade de Gestão de Fauna
Endereço
Telefone (61) 3214-5665
Responsável PATRICIA DUARTE DOS SANTOS
E-mail para contato gedes@ibram.df.gov.br
Exigência de linguas Não
Cidade Brasília
Vagas disponíveis 4
Voluntários cadastrados 44
Voluntários atuantes 0
Pessoas beneficiadas 10000
Eixos de atuação Assistência Social     Educação     Meio Ambiente     
Público de interesse Comunidade     Proteção Animal     
Cronograma
Data da campanha: 04/10/2021 até 04/10/2022
Manhã: 7h - 12h Tarde: 12h - 18h Noite: 18h às 22h
Dia Período
Domingo
Segunda
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
Período de inscrições: 22/09/2021 até 29/09/2021

Deseja participar?

Participar